segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Um suspiro;


E por vários minutos jurei que não teria volta;
que tudo tinha ido muito longe, tão longe que eu não consiguiria mais segurar, aguentar.
Mais me diga o que o amor não faz?

Sabe, tentar mais uma vez, recomeçar, talvez valha a pena.
não vou me arrepender.
não vou mais chorar,
só vou viver, com limites, possibilidades, e amor, muito amor;

Embarquei em um navio que não voltara mais ao mesmo ponto, minha vida nunca será a mesma, tudo é tão diferente com você.

Pensei que seria fácil, te deixar, mas não, fui enganada pela simples percepção alhei.

E com você permaneço.

Amando;



Flávia Rezende ;

Um comentário:

  1. adorei seu post!
    bgs to seguindo www.falaseerioamiga.blogspot.com

    ResponderExcluir